" É feliz quem a Deus se entrega e orienta seus passos no Senhor! " (sal 1)

Páginas

9 de outubro de 2016

O MEU TALENTO



Em Mt 25, 14-30, Jesus conta uma parábola em que um servo recebeu cinco talentos de seu senhor, um outro recebeu dois e outro apenas um talento; com a missão de trabalharem com os talentos recebidos. Então imaginei que o servo mais “talentoso” deve ter recebido o dom da sabedoria, o dom do discernimento dos espíritos, talvez o dom de realizar milagres, o dom de curar os doentes, o dom da profecia... (cf. ICor 12)
O segundo talvez tenha recebido o dom de ciência, o temor de Deus, ou talvez a fortaleza...
E que dom Deus deu ao servo que recebeu um só talento? Que dom é fundamental e Deus dá a todos? Penso que foi o dom da oração.
A oração exige uma resposta humana, mas é dom de Deus, é um presente, uma graça. Os animais não oram, mas não existe ser humano que não pressinta o invisível e sinta a moção interior de buscar a Deus, mesmo que desconhecido.
A oração é a primeira missão do ser humano, é o primeiro dever dos filhos de Deus. Sem ela a vida não encontra sentido profundo.
E é pela oração que se pode alcançar todos os demais dons que Deus quer nos dar.
Mas, conta-nos a parábola, que o servo que recebeu apenas um talento, enterrou-o. Enterrou-o no medo, mesmo conhecendo a vontade de Deus. E perdeu tudo.
Orar exige coragem. Orar é um combate espiritual. Mas ao longo da batalha Deus vai nos dando as armas necessárias para seguirmos adiante. E quem permanecer, será vitorioso e ajuntará muitos talentos e dons.
Desenterremos esse talento fundamental, e trabalhemos com ele diariamente!


Carina Nardello

0 comentários: