" É feliz quem a Deus se entrega e orienta seus passos no Senhor! " (sal 1)

Páginas

19 de junho de 2015

2015 – Ano da Vida Consagrada



Em 30 de novembro de 2014 iniciou o Ano da Vida Consagrada, proclamado pelo Papa Francisco, e terminará em 2 de fevereiro de 2016. É um tempo propício para toda a Igreja recordar a grande importância dessas vocações, escutar aquilo que o Espírito quer dizer hoje aos consagrados e “abraçar com esperança o futuro”, pois, como disse São João Paulo II,  “vós não tendes apenas uma história gloriosa para recordar e narrar, mas uma grande história a construir! Olhai para o futuro, para o qual vos projeta o Espírito a fim de realizar convosco ainda coisas maiores” (cf. Carta apostólica do Papa Francisco às pessoas consagradas para proclamação do Ano da Vida Consagrada).
 
Mas quem são os consagrados? Pelo batismo todo cristão já é um consagrado a Deus, porém o Senhor chama alguns a uma consagração mais íntima, pela profissão dos conselhos evangélicos: castidade, pobreza e obediência, conforme o carisma próprio e a orientação da Igreja.

Assim, enquanto esses conselhos evangélicos são um convite a todo discípulo de Cristo, para aqueles que livremente assumiram esse chamado à vida consagrada eles são uma obrigação (cf. CIC 915).

A Igreja, como campo fértil do Senhor, é rica em carismas, diferentes formas de vida consagrada, que incluem as Virgens consagradas, os Eremitas, as Instituições Monásticas, as Congregações Religiosas, Institutos Seculares, Sociedades de Vida Apostólica e as Novas Fundações.


Até poucos anos atrás, a vida consagrada era apenas para celibatários, ou seja, aqueles que decidem não se casar por amor ao Reino de Deus. Entretanto, uma novidade do Espírito Santo para este tempo é a consagração de casais, realidade para os Institutos Seculares e Novas Fundações. Nestas comunidades convivem todos os estados de vida – solteiros, celibatários, casados e viúvos – na mesma busca pela santidade, dando testemunho de castidade segundo o seu estado de vida.

Nós da Comunidade Fonte Nova somos uma Nova Fundação, nascida em 2001, e que professa seu compromisso público desde 2009. Como comunidade de aliança, somos chamados a ser sal e luz no mundo e convocar o povo de Deus para a Igreja, instrumento necessário para a Salvação.

Ajuda-nos, Senhor, a sermos fiéis ao Teu chamado, dedicando totalmente nossas vidas a Ti, seguindo-Te de perto e amando-Te acima de tudo. Enriquece Tua Igreja mais e mais com carismas proféticos, para a honra do Teu Nome. Amém!

Carina Nardello

0 comentários: