" É feliz quem a Deus se entrega e orienta seus passos no Senhor! " (sal 1)

Páginas

27 de março de 2016

CONFIE NO TEMPO DE DEUS

Leia com atenção este texto que vai nos trazer uma cura espiritual, principalmente em relação à nossa precipitação: Gen 15, 1-21
Essa palavra nos ensina muito. Ela nos mostra que onde existe o medo, onde não existe confiança de nossa parte, começa a entrar, mesmo que tenhamos desejo profundo de Deus, a depressão, a ansiedade, a agitação. Então muitas vezes nós temos medo: medo de Deus, medo de ser castigado. Muitos de nós tememos as reações de Deus perante nossas ações.
Nós vemos aqui uma conversa de Abrão, que ainda não era Abraão, com Deus. No versículo 9 desse texto, Deus pede a Abrão um ritual de aliança, que é como um contrato. Quando fazemos um contrato colocamos as cláusulas e as duas partes assinam. E aquelas cláusulas são legitimadas num cartório e passam a ter valor perante a sociedade. A maneira de fazer contrato dos povos pagãos era essa: eles cortavam ao meio animais caríssimos e passavam entre eles na presença de algumas testemunhas. A partir daquele momento aquele contrato estava assinado. Quando Deus pede isso a Abrão ele percebe que o que Deus pedia era algo muito sério, um contrato com Deus.
Abrão era um homem que tinha uma grande intimidade com Deus. Deus lhe havia pedido para contar as estrelas porque a sua descendência seria muito grande. Quando assumimos a nossa fé essa promessa passa a valer pra nós também: de termos uma descendência abencoada.
Mas Deus, que sabe que somos muito medrosos diante de coisas que nossa razão não domina, vai ensinar Abrão a como viver essa aliança. Abrão quando viu que a coisa era séria, caiu num sono profundo, devido à tensão que ficou pois viu que a aliança era para sempre. Ele viu a tocha de fogo passando, o próprio Deus se manifestando. A partir desse momento Abrão soube que Deus estava fazendo algo acima da sua humanidade, algo que Deus iria cumprir, apesar de suas fraquezas.
Quando Deus pede essa aliança com Abrão, Ele pede uma coisa muito cara. A Nova Aliança é que tenhamos Jesus como Senhor das nossas vidas. O Senhor pediu talvez tudo que ele tivesse. Quando Deus começa a revelar Seu plano, ele pede algo para nós: a entrega para uns, a fé para converter algum aspecto da vida para outros... Deus pede algo caro pra nós.
Abrão também aprende outra lição importante: Não podemos nos precipitar. Pois Deus tem, a seu tempo, a sua maneira de agir. Deus sabe a maneira como o Seu plano vai se cumprir. Muitas vezes nos precipitamos, mesmo conhecendo o plano de Deus, e até de boa vontade, mas não esperamos o tempo de Deus trabalhar em nossa vida. As obras de Deus precisam de determinado tempo para acontecer. Não podemos nos antecipar.
Gen 16, 1-10
Dez anos depois, Sara ainda não tinha dado filhos a Abrão, e ela, reconhecendo-se estéril, pede a Abrão para ter um filho com a sua escrava, para que assim a promessa de Deus se cumprisse. Mas Sara esperava ouvir de Abrão: “Minha amada, a promessa de Deus nunca vai se cumprir na minha vida sem a minha esposa. Tu és a minha amada, e é em ti que Deus pôs a promessa.”
Só que Abrão aceitou a proposta de Sara. E nasceu Ismael. A briga entre muçulmanos e cristãos tem a sua origem nessa precipitação de Abraão. Ismael, que foi pai dos povos árabes, e a descendência de Isaque são inimigos até hoje.
Quando queremos fazer o plano de Deus da nossa forma, desviando-nos do caminho de Deus, vem o Ismael em nossa vida. Mas é Isaque o prometido. Não queira ter um Ismael que vai mudar toda a promessa de Deus em sua vida! Nao se precipite! Calma!
A promessa de Deus se cumpre da maneira de Deus, da maneira do evangelho! Vai demorar? Quantas coisas demoram tantos anos para acontecer... e passa o tempo... mas quando vem o Isaque... quando vem o cumprimento da promessa... vem do jeito e da maneira de Deus! E quando é de Deus ele faz a restauração completa no seu sobrenome. Quando casamos com a pessoa que Deus nos destinou, quando vivemos a Palavra da maneira de Deus, tudo na nossa volta se transforma. Porque essa é a promessa para quem tem a fé de Abraão: a sua descendência é abençoada, é portadora da Promessa, ninguém pode arranhar um consagrado, um protegido de Deus.
O problema é que nós vamos fazendo da nossa maneira. Abrão era íntimo de Deus mas teve que aprender a esperar a promessa.
Deus tem feito promessas a muitos que tem perseverado na fé. Mas é preciso viver da maneira de Deus, não da maneira do mundo
Se você quiser se jogar pela janela do alto, você é livre para fazer isso. Mas não é livre quanto às consequências que virão na sua vida. Deus perdoa tudo, sim, mas as consequências nascem das nossas escolhas.
Esse é o Ano da Misericórdia, ano de nós tentarmos viver da maneira de Deus, e então Deus vai começar a cumprir todas as promessas que fez para nossa vida!
Otávio Pereira

0 comentários: